Capela de Maçacará

Capela de Maçacará

Euclides da Cunha, Bahia, Brasil

Arquitetura religiosa

A cidade de Euclides da Cunha era o antigo Cumbe, município perdido na região extremamente seca das caatingas da Bahia, palco das andanças de António Conselheiro e seus devotos. O povoado de Maçacará, neste município, está ao pé de uma colina no alto da qual foi fundada uma missão jesuítica no século XVII, onde se situa a capela em questão. Se este edifício não apresenta peculiaridades de traçado em planta, pois é um templo típico de nave única, com os clássicos corredores laterais, as proporções de sua elevação são extremamente sui generis, com forte tendência à horizontalidade. O frontão nada mais é do que a empena do telhado da nave tratada com elementos decorativos de carácter popular, contrastando com as molduras da cimalha e cercaduras, de certo refinamento. É como se o edifício tivesse sido concebido para possuir torres e tribunas e não fosse concluído na sua elevação. Não se sabe a data de construção deste templo, mas a igreja da missão jesuítica original de índios caimbé deve ter sido destruída quando Garcia d’Ávila II arrasou a missão em 1669. Assim sendo, a nova igreja possivelmente foi reedificada a partir do momento em que os franciscanos foram autorizados a estabelecer missão no local, isto é, após 1689.

Loading…