Igreja e Hospício de Nossa Senhora da Boa Viagem

Igreja e Hospício de Nossa Senhora da Boa Viagem

Salvador, Bahia, Brasil

Arquitetura religiosa

O conjunto franciscano situa‐se na borda do mar, na Península de Itapagipe, ficando a igreja direcionada para a entrada da Baía de Todos os Santos. A edificação, da primeira década do século XVIII, compreende o hospício, com dois pavimentos desenvolvidos em torno de um pequeno pátio, e igreja com uma única torre. O pátio primitivo do hospício parece ter sido invadido durante a construção da capela‐mor, resultando numa duplicação de paredes só explicável desta maneira. A igreja foi originalmente de nave única com corredores laterais e tribunas superpostas, planta típica das igrejas matrizes e de irmandade do começo do século XVIII. No início deste século, foi desfigurada internamente e transformada em igreja de três naves com a manutenção das tribunas. O interior da igreja guarda um belíssimo conjunto de talha de meados do século XVIII, formado pelo retábulo da capela‐mor e por altares em ângulo do arco‐cruzeiro com a nave. Há na capela‐mor azulejos de Lisboa doados como ex‐votos, datados de 1743/46, do ciclo oficinal de Bartolomeu Antunes (1740/50), e outros dos períodos de 1740/50, de 1760/70 e 1780/90. Na sacristia existem arcaz e caixões em jacarandá, lavabo em mámore branco com delfins, e bacia em forma de concha. O frontispício do templo é muito simples, apresentando uma única torre com terminação piramidal, revestida de azulejos brancos e azuis dispostos em ziguezague.

Loading…