Capela de São Lázaro

Capela de São Lázaro

Salvador, Bahia, Brasil

Arquitetura religiosa

A Capela de São Lázaro está ao pé de um antigo lazareto da cidade, cuja construção é, porém, posterior, em magnífica situação sobre uma colina, com vista para o mar. É verdade que o crescimento urbano e sua verticalização têm‐lhe diminuído estes privilégios. Mesmo que seja uma igreja do século XVIII, apresenta na sua composição de fachada certos anacronismos, como um arremate em frontão triangular, partido introduzido pelos jesuítas nos primórdios da nossa colonização. Embora seja a planta do edifício composta por nave central e um só corredor lateral, encimado por tribunas, criando assimetria compositiva, não se acredita que seja essa a ideia primitiva da sua construção. A vivência tem mostrado que a edificação dos templos no Brasil, de maneira geral, principalmente aqueles levantados com recursos limitados, tinha como meta primordial a conclusão da nave, na qual se podia oficiar os ritos sagrados. Depois, a construção continuava pelo corredor, ou corredor com tribunas, do lado do Evangelho, seguido das mesmas edificações no lado da Epístola. As torres normalmente eram os últimos elementos da construção, começando a edificação quase sempre pelo lado do Evangelho, na liturgia de então. Como nunca foi construído um dos corredores laterais, e muito menos as torres, uma sineira improvisada foi levantada sobre o único corredor construído. Em virtude das ligações de São Lázaro com o sincretismo do culto africano (Omulu), a capela é bem frequentada, encontrando‐se em razoável estado de conservação e desempenhando o papel de igreja, com seu vigário.

Loading…