Capela de São José do Jenipapo

Capela de São José do Jenipapo

Castro Alves, Bahia, Brasil

Arquitetura religiosa

Esta pequena capela, classificada por alguns estu‐ diosos como do tipo "missionário", destaca‐se no repertório da arquitetura rural da Bahia com planta clássica de partido em "T", em virtude da adição de sacristias colaterais à capela‐mor. A cabeceira é, porém, irregular em virtude da criação de um cómodo detrás da dita capela. Foi dotada de alpendre ou copiar, como grande parte das congéneres, e de uma sineira, cujo acesso se faz externamente, bem como ao púlpito da nave. A sineira aparenta ser de época posterior, como normalmente acontecia, pois, mesmo fazendo parte da ideia original do projeto, quase sempre era executada em último lugar. Bazin empresta especial destaque à decoração rococó do seu altar‐mor, onde "concheados assimétricos se destacam sobre os fundos vermelhos e azuis, à maneira da laca chinesa". A nave central é coberta por um forro de perfil trapezoidal, acompanhando as tesouras de linha alta, decorado com pintura ilusionista típica do barroco. O edifício foi completado, em 1704, pelo tenente Gaspar Fernandes da Franca, que obteve permissão de construí‐la na sua fazenda de São José do Jenipapo, em virtude do seu distanciamento das freguesias de Cachoeira e de Muritiba. Destaca‐se pela autenticidade de sua feição original, sem maiores alterações.

Loading…